Andrologia, Disfunção Erétil e Ejaculação Precoce

Qualidade de vida é atualmente buscada por todos, e com o envelhecimento da população e a evolução dos tratamentos médicos, vários problemas antes ignorados ou tidos como sem solução hoje apresentam terapias inovadoras com excelentes resultados. Em urologia a andrologia é a subespecialidade voltada para tratamento do homem, com foco na sexualidade e função erétil.

Com o envelhecimento e a presença de co-morbidades como hipertensão, diabets, hipotireoidismo e doenças vasculares ocorre uma redução natural nos níveis de testosterona e todo esse contexto acaba acarretando o quadro de disfunção erétil, que pode ser desde um quadro leve até um quadro de importante que impossibilita a realização do ato sexual.

Atualmente a medicina dispões de diversas medicação voltadas para o tratamento dessas patologias, que vão desde a reposição da testosterona por diversas técnicas, até o uso de medicações orais ou injetaveis com excelentes resultados para os pacientes e com muita segurança para os médicos. E mesmo com a falha de todas as terapêuticas ainda temos a possiblidade de implante de prótese peniana, procedimento cirúrgico que permite ao paciente voltar a ter uma vida sexual muito próxima do normal, com seguindo ter e dar praser, e apresentando um alto índice de satisfação do casal.

 

Outro tipo patologia muito frequente é a ejaculação precoce, quando o paciente apresenta quadro de ejaculação muito rápida, o que provoca grande constrangimento perante a parceira, prejudicando a convívio do casal. Este quadro geralmente se apresenta de duas formas: na primeira o paciente apresenta quadro de ejaculação muito rápida desde o início da vida sexual e com controle muito difícil; já na segunda o paciente que previamente conseguia manter relação com bom controle por algum motivo começa a não mais conseguir controlar a relação apresentando ejaculações rápidas. Independente da forma que se apresentou, este problema necessita de acompanhamento e tratamento que pode ser medicamentoso ou através de psicoterapia.

 

Independente do tipo de tratamento, sempre é necessária uma avaliação prévia buscando reduzir os riscos e direcionar o tratamento mais efetivo. E sempre é condenada a auto medicação que pode por o paciente em risco, além de muitas vezes não apresentar o resultado desejado.

Hospital São Matheus

Feira de Santana - Bahia

(75)3616-8888

Hospital Incar

Santo Antonio de Jesus - Bahia

(75)3311-6652